quinta-feira, 19 de novembro de 2020

 Câmara tem renovação de 42,8% nas eleições de 2020 - 12 dos atuais 21 vereadores se reelegeram.




A partir de janeiro de 2021, a Câmara Municipal de Imperatriz terá 9 novos vereadores. Dos 21 atuais, apenas 3 não se candidataram a reeleição, e dos 18 que concorreram, 12 conseguiram se reeleger.

DEM e PTB foram os partidos que fizeram o maior número de vereadores, com três cada um: Paulinho Lobão, Pimentel e Buzuca; Rubinho, Cláudia Batista e Renê Sousa.
-
Em seguida vem PCdoB, Solidariedade e PL que fizeram dois vereadores em cada: Carlos Hermes e Flamarion Amaral; Adhemar Freitas Jr e Berson do Posto; Alex Silva e Jhony Pan, respectivamente.

Vereadores eleitos de acordo com o TSE:
1. Terezinha Soares (REPUBLICANOS) - 2.239 votos
2. Adhemar Freitas Jr (SOLIDARIEDADE) - 2.122 votos
3. Bebe Taxista (AVANTE) - 1.931 votos
4. Ricardo Seidel (PSD) - 1.766 votos
5. Flamarion Amaral (PC do B) - 1.757 votos
6. Alex Silva (PL) - 1.737 votos
7. Aurélio (PT) - 1.732 votos
8. Paulinho Lobão (DEM) - 1.656 votos
9. Rubinho (PTB) - 1.643 votos
10. Pimentel (DEM) - 1.604 votos
11. Cláudia Batista (PTB) - 1.451 votos
12. Prof Carlos Hermes (PC do B) - 1.428 votos
13. Dr. Fábio Hernandez (PP) - 1.420 votos
14. Renê Sousa (PTB) - 1.381 votos
15. Joao Silva (MDB) - 1.379 votos
16. Berson do Posto Buriti (SOLIDARIEDADE) - 1.320 votos
17. Buzuca (DEM) - 1.1.310 votos
18. Jhony Pan (PL) - 1.276 votos
19. Zesiel Ribeiro (PSDB) - 1.267 votos
20. Manchinha (PSB) - 1.241 votos
21. Alberto Sousa (PDT) - 1.005 votos
-
Não reeleitos - Entre os vereadores que não conseguiram se reeleger estão Pedro Gomes, Sargento Adelino, Ditola, Chiquim da Diferro, Maura Barroso e Irmã Telma.
-
Não concorreram à reeleição - Hamilton Miranda, Fátima Avelino e o atual presidente Zé Carlos.
Câmara Municipal de Imperatriz
_Trabalhando a serviço do Povo

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

 

 

José Carlos: “A cidade está apavorada com as atitudes dessa gestão” 



O presidente da Câmara Municipal Jose Carlos Soares fez duras críticas aos posicionamentos do executivo que alega estar lutando contra criminalidade e diminuição de acidentes, mas na verdade só prioriza tributos e arrecadação.

"Agora os motoristas estão mais preocupados em não serem multados do que em guiar os carros. Uma desonestidade sem tamanho com a população. A cidade está apavorada com esse executivo, pois estão multando e punindo os moradores.
Fazem publicidade e campanhas falsas com dados inventados, mas deveriam dizer que o videomonitoramento também seria para multar e não para dar segurança se não houvesse intervenção da Câmara”.

Fonte: Blog do Xibiu

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Câmara aprova doação de terreno para construção do novo Hospital do câncer de Imperatriz.


Por%2Bunanimidade%2Bfoi%2Baprovado%2Bo%2Bprojeto%2Bde%2Bdoa%25C3%25A7%25C3%25A3o_Fabio%2B%25282%2529

Sidney Rodrigues – ASSIMP 
Foto – Fábio Barbosa 
Em sessão extraordinária mista - presencial e remota - na manhã desta quinta 23 de julho, o parlamento colocou em pauta o projeto de lei Nº 30/2020, que trata sobre a doação de um imóvel do município de Imperatriz para projeto de construção de uma Unidade de prevenção e detecção precoce de câncer do Hospital Amor de Barretos. 
O terreno localizado no loteamento Jardim das Oliveiras possui uma área de quase 17 mil metros quadrados e deve ser usado exclusivamente para este fim. Caso não tenha sua construção iniciada no prazo de 24 meses, deverá ser devolvido ao município. O projeto foi enviado pelo executivo e conta com a parceria do senador Weverton Rocha (PDT), que deixou a disposição uma emenda de R$ 40 milhões para construção desta unidade em Imperatriz e através do Hospital de Barretos conseguiu a aprovação para este núcleo de prevenção. 

Em votação nominal e unanime foi aprovada a matéria, pois esta é de interesse da coletividade e foi o principal motivo da convocação desta quinta.  

Regime especial 
O presidente da casa José Carlos Soares, explicou que a Câmara está trabalhando em período ininterrupto e que através de decreto foi suspenso o recesso de julho devido a pandemia do coronavírus e a paralisação nos meses de março e abril. As sessões são extraordinárias e as matérias mais relevantes estão sendo colocadas em pauta de forma imediata. Disse também que o legislativo está aguardando o projeto da prefeitura que trata sobre a bonificação dos agentes de saúde. 

“Projetos que beneficiem e melhorem a vida dos imperatrizenses, qualquer dia que for enviado para esta casa, mesmo que seja no domingo, os vereadores irão aprovar. A demora está sendo em enviarem os projetos e não em o parlamento votar. Tudo que for bom para a municipalidade o legislativo será favorável. É o nosso papel e é isso que estamos fazendo”, concluiu. 

Fonte: Blog da Kelly

Dois homens são mortos em confronto com a polícia em Tuntum-Ma



Numa ação envolvendo a 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra, policiais da SEIC e Centro Tático Aéreo (CTA), dois homens identificados por João Coutinho dos Santos Filho e Renato Borba de Sousa foram mortos em confronto na noite dessa quinta-feita (30), por volta das 21 horas, nas proximidades do povoado Belém do Maranhão, zona rural do município de Tuntum.

Em conformidade com um relatório expedido pelo delegado regional Cesar Ferro, a equipe policial abordou a dupla, que na oportunidade estavam em uma caminhonete S10, tendo ambos reagido injustamente contra os policiais que teriam respondido de igual maneira. Na troca de tiros João Coutinho e Renato Borba foram alvejados, sendo logo depois socorridos, mas devido a gravidade dos ferimentos foram a óbito.

Com a dupla foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola 380. Os dois residiam na região do sertão tuntunense. 

Fonte:BlogDoLobao.

terça-feira, 7 de julho de 2020

Câmara Municipal de Imperatriz.



Secretário Municipal de Trânsito de Imperatriz comparece a Câmara atendendo a convocação, para esclarecer questões sobre videomonitoramento e sinalização eletrônica instaladas no município.
Câmara Municipal de Imperatriz!

Trabalhando a Serviço do Povo_ @ Câmara Municipal de Imperatriz


Relator do processo de afastamento do Prefeito de Imperatriz emitirá primeiro parecer na próxima semana


Relatório vai a apreciação da Comissão Processante

 Relator da comissão processante (Ricardo Seidel), responsável por emitir o parecer de afastamento ou arquivamento do processo, recebe os documentos para iniciar sua avaliação

  Termina na próxima semana o prazo para o relator do processo de afastamento do prefeito Assis Ramos (DEM), pedido pelos advogados Fábio Santana Santos e Gabriela Barbosa Bonfim, apresentar seu primeiro parecer. Ricardo Seidel (PSD), relator da comissão processante que é responsável por emitir o parecer de cassação ou o arquivamento do processo, recebeu na tarde da última quinta (02), os documentos para dar início à avaliação.

  O prefeito apresentou sua defesa, que se encontra nas mãos do relator. Esta pede a rejeição do processo, onde alega que os denunciantes não teriam especificado, com clareza, o motivo da denúncia, ou apresentado as provas, o que não corresponde com a verdade.

   Seidel deve avaliar e emitir um documento dando o seu primeiro parecer para ser apreciado pelo plenário da Câmara já nesta próxima semana, quando a comissão irá decidir se dá continuidade ou arquiva o processo.

  Já estão pré-agendadas, reuniões para apresentação e apreciação de relatórios pelos demais membros da comissão na segunda-feira (06).

“Recebi a defesa preliminar, tanto do prefeito como da secretária Mariana Jales. Agora irei emitir ofícios solicitando mais esclarecimentos de alguns outros órgãos, material que acredito ser relevante para a montagem desse primeiro parecer, e se estes vão ter prosseguimento ou não na comissão processante”, disse.

  A primeira defesa tinha dez dias pra ser apresentada e foi feita dentro do prazo. Após o parecer a comissão vai votar em plenária, e lá será decidido se o processo será arquivado ou se vai prosseguir. Caso continue, o relator terá 90 (noventa dias) contando da notificação ao prefeito, para apresentação de um segundo parecer (final). Ao longo desse período acontecerão diligências que a relatoria achar necessárias e solicitações para o presidente da comissão. Se houver a decisão a favor do afastamento, irá acontecer uma votação onde 2/3 (dois terços) dos vereadores tem que votar. Dependendo do resultado, o prefeito é afastado e em seguida o presidente da Câmara já oficializa o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) da decisão.

  O relator informa que necessariamente não há a obrigatoriedade de serem usados os 90 dias para a decisão final do processo.

Entenda

  Além desta Comissão Processante, existem atualmente mais 2 CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) sendo realizadas simultaneamente – Dos 43 milhões da saúde e da empresa Catho, também ligada a saúde – das três esta é a mais severa, pois a finalidade da Comissão Processante é inocentar ou afastar o prefeito.

  “O resultado final das CPIs em andamento, caso haja comprovação das irregularidades, é o encaminhamento para as vias judiciais e abertura de uma Comissão Processante. Já o caso aqui abordado, é a própria Comissão Processante, o que pode acarretar em cassação do atual prefeito”, finalizou Seidel.

Sidney Rodrigues – ASSIMP
Foto - divulgação

quarta-feira, 17 de junho de 2020


CPI dos 43 milhões: Câmara instaura Comissão Parlamentar na saúde de Imperatriz.

Fatos apontam para irregularidades e ilegalidades cometidos com recursos recebidos do Ministério da Saúde.

A Câmara Municipal de Imperatriz, na sessão de hoje (16), aprovou por treze votos a favor e sete contra, a chamada CPI dos 43 milhões, para apurar possível desvio de recursos federais destinados a saúde municipal. 

Através de requerimento apresentado na semana passada pela vereadora Irmã Telma (Avante), foi 

aprovada a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito com a finalidade de investigar os valores repassados a prefeitura de Imperatriz para o Fundo Municipal de Saúde em 2019, sendo realizados três empenhos, um de R$ 9.859.000,00, outro de R$ 15.000.000,00 e mais um de R$ 18.000.000,00, pelo Governo Federal, somando a quantia de R$ 42.859.000,00 (quarenta e dois milhões e oitocentos e cinquenta e nove mil reais).

 Esses valores foram objetos de denúncia pelo Presidente da Câmara de Vereadores, José Carlos Soares e também pelo Deputado Federal Hildon Rocha, na Câmara dos Deputados em Brasilia-DF.



Terceira parcela do auxílio emergencial não será paga a todos; Veja quem pode ficar de fora


Vice-presidente da Caixa informou que reanálises são feitas a cada rodada na tentativa de evitar fraudes nos repasses.
Por Renato Soares
15 de junho de 2020



 Beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600,00 que receberam a primeira e segunda parcela podem não receber a terceira. Isso porque a cada rodada são feitas novas análises sobre os dados informados pelo trabalhador.

  É o que explica a vice-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Tatiana Thomé. Segundo ela, as chamadas “reanálises” são essenciais para evitar repasses indevidos e destinar o dinheiro apenas àqueles que realmente cumprem os requisitos de recebimento.

Quem pode ficar de fora?

  As novas verificações levam em consideração as informações obtidas pela Dataprev, dos bancos de dados do governo e de demais instituições. Entre as pessoas que podem não receber uma nova parcela, estão:
Cidadãos que conseguiram um emprego formal durante a pandemia;
Quem começou a receber outros benefícios do governo, como o seguro-desemprego e aposentadoria durante a pandemia;
Pessoas que tiveram renda familiar acima de três salários mínimos (R$ 3.135,00) ou renda mensal acima de meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,00).

  Nos casos citados acima, os beneficiários não irão receber as demais parcelas do auxílio. O governo compreende que essas pessoas já não apresentam mais a necessidade do uso do benefício.
Combatendo fraudes

  Durante o período de solicitação do auxílio emergencial, muitas pessoas tentaram cometer fraudes com o intuito de se cadastrar no programa mesmo não atendendo as condições exigidas. Sendo assim, a cada parcela, o governo faz uma reanálise das informações de cada beneficiário na tentativa de identificar dados falsos.

 O propósito do auxílio emergencial é ajudar financeiramente trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs) de baixa renda durante o período de pandemia. Além disso, assistidos pelo Bolsa Família, considerados um dos grupos mais vulneráveis, também recebem a ajuda em troca da suspensão temporária do programa.

  Há ainda quem aguarda o recebimento da primeira parcela do auxílio. No último sábado, 13, a Caixa Econômica Federal divulgou as datas de recebimento para mais de 4,9 milhões de novos aprovados do benefício. Os pagamentos acontecerão nos dias 16 (terça-feira) e 17 (quarta-feira) de junho, conforme o mês de nascimento dos beneficiários.

Fonte: Edital concursos Brasil

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Maranhão ultrapassa mil óbitos pelo coronavírus; 12.741 pessoas já estão recuperadas.

1591147799584059-0
O novo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta segunda-feira (1°), mostra que o Maranhão chegou à marca de 38.174 infectados pelo coronavírus.
Nas últimas 24 horas, foram 1.549 novos casos confirmados. Na Grande São Luís foram 161 casos, as demais regiões registaram 1.388.
Desses, 12.741 pessoas já estão recuperadas e foram registrados ainda 1.028 óbitos.
Até o momento, o Maranhão já realizou 61.010 testes e 1.126 casos seguem suspeitos.

Fonte: Blog da Kelly.